The Voice – Season 17 – Episódio 22

A música pode mudar o mundo porque pode mudar as pessoas.

Bono Vox

Depois do episódio com as apresentações dos 10 cantores que seguem na disputa pelo troféu The Voice deste final de ano, veio o episódio do dia seguinte com os resultados da disputa pelo voto do público.

No post anterior sobre a Season 17 do The Voice US falei sobre esta temporada, sobre o que me atrai nessa série e sobre o episódio com as apresentações do Top 10. Se você não leu o outro post, confira por aqui.

Os episódios de eliminação costumam ser os mais chatos, devo admitir. O formato está um tanto engessado e, normalmente, a parte mais interessante destes episódios é, realmente, a confirmação (ou não) das nossas expectativas sobre os eliminados e quem segue na disputa.

Neste episódio, que revelou os 8 semifinalistas da Season 17 do The Voice, tivemos duas apresentações musicais. (SPOILER – não leia o restante do texto se você ainda não viu o episódio). A primeira foi a mais interessante, com um dueto que mostrou todo o talento da dupla de técnicos John Legend e Kelly Clarkson. Eles deram um verdadeiro show de interpretação e de desempenho vocal em uma apresentação natalina. Lindo!

A outra apresentação da noite foi bem menos interessante. Me perdoem os fãs de Meghan Trainor e do produtor, cantor e compositor Mike Sabath, mas achei a apresentação deles bem fraquinha. O principal problema mesmo foi a música que eles apresentaram, Wave, de uma obviedade impressionante. Um ponto fraco da noite.

Mas vamos falar do que interessa. Quem, afinal, conseguiu avançar na disputa e quem ficou no caminho. Nesse sentido, não tivemos surpresas. Interessante com os primeiros a serem “salvos” e anunciados como finalistas foram justamente os nomes que, como comentei no post anterior, incendiaram a plateia nas suas apresentações.

Assim, foram anunciados, como semifinalistas desta temporada, nesta ordem: Will, Rose, Ricky, Katie, Jake, Hello Sunday e Kat. Foram para o “resgate automático” (quando o público tem 5 minutos para votar entre as apresentações, o intervalo e o anúncio no retorno para o programa) Shane, Joana e Marybeth.

O que estes resultados demonstram? Que o público não votou no histórico dos participantes e sim no que eles apresentaram no dia anterior. Ou seja, premiaram quem deu o sangue e eletrizou a plateia, fez os queixos caírem e entregou tudo no palco, independente do histórico que tiveram antes. Will, Rose, Ricky e Katie realmente fizeram as apresentações mais impactantes, seguidos de Jake e Hello Sunday. Kat tem um histórico incrível, mas não fez uma apresentação tão marcante.

No resgate automático prevaleceu um pouco do histórico dos participantes e a qualidade técnica. Marybeth, que nunca ficou naquela posição, perto de ser eliminada, acabou sendo salva – Shane e Joana, que já tinham passado por aquilo, acabaram sendo eliminados. Fiquei um pouco dividida no resultado, já que Joana vinha fazendo um trabalho impressionante, de muito vigor e projeção, ao mesmo tempo em que gosto muito do estilo e da voz de Marybeth. Mas, acho, eu teria optado por Joana.

Assim, os times desta temporada vão representados da seguinte maneira para as semifinais: John Legend com 3 participantes; Blake Shelton e Kelly Clarkson com 2 participantes cada um; e Gwen Stefani com apenas 1 participante.

Para mim, os finalistas serão definidos mesmo nas apresentações da semifinal. O público demonstrou, este ano, que quer premiar quem realmente se sai melhor a cada programa. Apesar do elemento surpresa – a escolha da música e a interpretação vão contar muitos pontos para definir os finalistas -, tenho meu palpite sobre os possíveis finalistas.

Os participantes serão reduzidos pela metade após a semifinal. Acredito, neste momento, em uma final com os seguintes nomes: Rose, Ricky, Katie e Jake. Um destes postos pode ser conquistado pela Kat – mas acho que ela corre por fora. Quem ficará com o troféu? Isso é um pouco difícil de acertar – nas últimas temporadas, tenho mais errado do que acertado. Mas meu palpite atual, faltando ainda várias apresentações, seria Rose ou Katie. Veremos… 😉

NOTA DESTE EPISÓDIO: 8 (por causa dos resultados, justos, e da apresentação de Kelly Clarkson e de John Legend).

Publicado por Alessandra

Jornalista com doutorado pelo curso de Comunicación, Cambio Social y Desarrollo da Universidad Complutense de Madrid, sou uma apaixonada pelo cinema e "série maníaca". Em outras palavras, uma cinéfila inveterada e uma consumidora de séries voraz - quando o tempo me permite, é claro. Também tenho Twitter, conta no Facebook, Polldaddy, YouTube, entre outros sites e recursos online. Tenho mais de 20 anos de experiência como jornalista. Trabalhei também com inbound marketing e, atualmente, atuo como professora do curso de Jornalismo da FURB (Universidade Regional de Blumenau).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: